asd

ATUAÇÃO

Mais saúde para o Estado de São Paulo

programa-saude-em-acao-samuel-moreira

O Governo de São Paulo anunciou recentemente, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), R$ 801 milhões no programa Saúde em Ação. O deputado Samuel Moreira trabalhou muito para que o governador Geraldo Alckmin pudesse realizar essa assinatura com o BID. Isso porque trata-se de um financiamento aprovado pela Assembleia Legislativa na gestão de Samuel como presidente do órgão. Ele também lutou pela inclusão de diversos municípios na lista de beneficiados: “fiz uma articulação muito forte com a secretaria da Saúde e com o Estado de SP para que as cidades do Vale do Ribeira, Vale do Paraíba, Região Sudoeste, entre outras, fossem contempladas”, destacou o parlamentar.

Esses recursos serão utilizados para construir hospitais, Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Centros de Atenção Psicossocial (Caps), Ambulatório Médico de Especialidade (AME), Reformas em unidades de saúde, Treinamento de recursos humanos e informatização do Sistema. “O objetivo é fortalecer e melhorar a qualidade da saúde das cidades paulistas para melhorar a vida das pessoas”, comemorou o parlamentar.

Lista de municípios beneficiados

Apiaí, Barra do Chapéu, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Guapiara, Itaberá, Itaóca, Itapeva, Itapirapuã Paulista, Itararé, Nova Campina, Ribeira, Ribeirão Branco, Riversul, Taquarivaí, Águas de Santa Bárbara, Arandu, Avaré, Barão de Antonina, Cerqueira César, Coronel Macedo, Fartura, Iaras, Itaí, Itaporanga, Manduri, Paranapanema, Piraju, Sarutaiá, Taguaí, Taquarituba, Tejupá, Americana, Arthur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Engenheiro Coelho, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Jaguariúna, Monte Mor, Morungaba, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Santa Bárbara d’Oeste, Santo Antonio de Posse, Sumaré, Valinhos, Vinhedo, Barra do Turvo, Cajati, Cananéia, Eldorado, Iguape, Ilha Comprida, Iporanga, Itariri, Jacupiranga, Juquiá, Miracatu, Pariquera-Açu, Pedro de Toledo, Registro, Sete Barras, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião, Ubatuba.

Confira o que será feito em cada região

Litoral Norte

Serão feitos o Hospital Regional de Caraguatatuba e cinco novas UBS (Unidades Básicas de Saúde) nas cidades de Ilha Bela, Caraguatatuba, São Sebastião e Ubatuba.

Os recursos também preveem a construção de sete Caps (Centros de Atenção Psicossocial) nos municípios de Ilha Bela, Caraguatatuba, São Sebastião e Ubatuba, além de reforma da ala psiquiátrica da Santa Casa de Caraguatatuba, bem como reforma de duas UBS nas cidades de Ubatuba e São Sebastião e do DRS (Departamento Regional de Saúde) de Taubaté.

Campinas
Serão criadas 33 novas UBS (Unidades Básicas de Saúde) nas cidades de Arthur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Jaguariúna, Monte Mor, Morungaba, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré e Vinhedo.

Além de reformas em 38 UBS nas cidades de Americana, Arthur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Monte Mor, Paulínia, Pedreira, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré e no auxílio em capacitações e linhas de cuidados aos municípios de Engenheiro Coelho e Santo Antonio da Posse.

Também serão construídos cinco Caps (Centros de Atenção Psicossocial) nos municípios de Americana, Cosmópolis, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré e Valinhos, além da reforma de outras seis unidades nas cidades de Campinas, Itatiba, Paulínia, Pedreira e Sumaré, bem como reforma do DRS (Departamento Regional de Saúde) de Campinas.

Vale do Ribeira
Será feito o Hospital Regional de Registro e 15 novas UBS (Unidades Básicas de Saúde) nas cidades de Barra do Turvo, Cajati, Cananéia, Eldorado, Iguape, Ilha Comprida, Iporanga, Itariri, Jacupiranga, Juquiá, Miracatu, Pariquera-Açu, Pedro de Toledo, Registro e Sete Barras.
Os recursos também incluem a construção de dois Caps (Centros de Atenção Psicossocial) nos municípios de Jacupiranga e Juquiá, além da construção do DRS (Departamento Regional de Saúde) de Registro.

Sorocaba
Serão construídas três novas UBS (Unidades Básicas de Saúde) nas cidades de Barra do Chapéu, Ribeira e Ribeirão Branco, além da reforma de 11 UBS nos municípios de Bom Sucesso, Itararé, Buri, Itaberá, Itaóca, Itapiarapuã Paulista, Itararé, Nova Campina, Riversul e Taquarivaí.

Além disso, haverá a construção de seis Caps (Centros de Atenção Psicossocial) nos municípios de Apiaí, Buri, Guapiara, Itaberá e Itararé, além de reforma das alas psiquiátricas das Santas Casas de Apiaí, Itaberá, Itapeva e Itararé. Os investimentos ainda serão utilizados para reforma do Centro Especializado de Itapeva e do DRS (Departamento Regional de Saúde) de Sorocaba.

Vale do Jurumirim
Serão criadas 15 novas UBS (Unidades Básicas de Saúde) nas cidades de Avaré, Cerqueira César, Coronel Macedo, Fartura, Iaras, Manduri, Paranapanema, Pirajú, Sarutaiá e Taguai. Os investimentos ainda incluem a criação do Caps (Centros de Atenção Psicossocial) em Piraju e do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) em Avaré.

Os recursos também serão utilizados na reforma da UBS na cidade de Avaré, bem como a reforma do DRS (Departamento Regional de Saúde) de Bauru e no auxílio em capacitações e linhas de cuidados aos municípios de Águas de Santa Bárbara, Arandu, Barão de Antonieta, Itaí, Itaporanga, Taquarituba e Tejupá.

 

Com informações da Assessoria do Governo do Estado de São Paulo

 

1 de outubro de 2015, 14:09

COMPARTILHE

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Não há comentários